Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘machado de assis’

EM 2008 LEMBRAMOS OS 100 ANOS DA MORTE DE MACHADO DE ASSIS, nosso escritor maior. Mas quem foi Machado, e o que ele representa para a nossa cultura?

É isso que uma série de comemorações e lançamentos vai tentar explicar esse ano. Eu li Machado de Assis tardiamente, quando ano passado comprei o Quincas Borba. Já tinha lido o conto “A Carteira”, e antes disso sempre tive a impressão de que Machado era ilegível, muito arcaico e rebuscado. Pelo contrário. Quando eu li A Carteira, percebi que tudo o que eu tinha ouvido falar de Machado não passava de preconceito. Quincas Borba, por exemplo, poderia ter sido escrito tanto no século XVIII quanto agora mesmo, no início do século XXI, grande é a sofisticação da linguagem utilizada por ele. Quando Machado narra: “o LANCE da carta que Rubião envia à Sofia” prova-se isso.

É certo que aqueles livrinho que te obrigam a ler no ensino fundamental te espantam um pouco da litreratura brasileira. Eu sozinho tomei gosto pela leitura, infuenciado por uma amiga, não pela escola, mas tinha verdadeira aversão à literatura brasileira. O primeiro livro que li, por gosto, foi A Morte Espera da Esquina, romance policial de James Hadley Chase. Li e reli em pouco tempo, gostei mesmo do livro, ele é de arrepiar! Só não li a terceira vez porque o livro era velhinho e já tinha perdido algumas páginas. Depois fui apresentado à Stephen King. Era fã das adaptações para o cinema, mas nunca tinha lido nada dele. Comecei por O Cemitério, e a destruição da família Creed. Quando soube, anos depois, que o tema do filme era Pet Sematary, dos Ramones, aí virei mais fã ainda de Stephen King (não me lembro se conheci Ramones antes de King, ou vice-versa). Depois li O Iluminado, a loucura de Jack Torrance. Sensacional.

(mais…)

Read Full Post »